“Quando eu a ver” ou “quando eu a vir”?

Confuso, não é? Fiz questão de deixar o título assim para demonstrar como é fácil usar a forma correta. A fórmula funciona para qualquer verbo regular ou irregular. É bem simples:

Ingredientes

  • Conjugação do verbo (regular ou irregular)
  • Faca de serra (para separar as conjugações) 
  • Forma untada com memoriol (para não esquecer essa fórmula) 
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

  1. Pegue a segunda pessoa no singular do pretério perfeito do indicativo
  2. Retire do verbo o final ste
  3. Adicione um r, para se flexionar no futuro do subjuntivo
  4. Conjugue com o quando ou se
  5. Adicione sal ou pimenta 
  6. Sirva.

Com essa regra, fica bem clara a diferença entre os verbos ver e vir. Para o verbo ver, o correto é quando vir. Já para o verbo vir, quando vier.

* Como sempre, com a ajuda da minha madrinha e mestra Bernadete Santana

🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.